Blog do iscoti

Do mato vieste e ao mato voltarás

Bulha d’Água – março 2014 parte 2

1 comentário

Pessoal segue o relato do final de semana em Bulha,
Em comemoração aos 31 anos do Grupo Bambuí penetramos na densa e dasafiadora mata de Bulha.
Como sempre a floresta cobra seu preço e os fracos sempre desistem, e como de costume, tivemos as baixas de última hora. Acabamos indo Fabio Von Tein, Daniel Menin, este que vos fala e o Zé Guapiara.
Programa testosterona, pra quem aguenta o tranco, o terreno estava terrível, nem tatu de kichute subia os barrancos.
O brinde na mata pelos 31 anos do Bambuí não aconteceu, esqueci a garrafinha com a cachaça na casa de pesquisa.
Também não ia dar pra levar, estávamos carregados de equipamento para descer o abismo.

E lá vamos nós colocando o material no trator sob o atento olhar do patriarca da familia Ribeiro, Sr. Avelino Aparecido Ribeiro, com mais de 85 anos e profundo conhecedor da região. Muitas dicas de caverna vieram das andadas deles pela mata da região.
Bulha d'Agua by iscoti 01No caminho da casa de pesquisa de Bulha as belezas de sempre, borboletas, quaresmeiras, as bromélias nas árvores e as serpentes.

Mudaram a placa de lugar, antes ela ficava na porteira próxima a casa de pesquisa, agora ela fica na primeira porteira de acesso ao parque.
Bulha d'Agua by iscoti 02Arrumando os equipamentos para o ataque e preparando lanche de trilha, nosso objetivo era explorar um abismo que foi encontrado no vale atrás da gruta Furo 30 pelo Zé Guapiara e pelo Adrenalino. Tinhamos que atravessar a gruta Furo 30 com os equipamentos e cruzar o vale até a entrada do abismo.

Deu quase 3 meses desde a última saída e o resultado é que as trilhas estavam todas fechadas. A capacidade do mato crescer nesta região é incrível. Se ficar dois meses sem ir fecha tudo.

Travessia da Furo 30, Gruta bem legal, atravessa uma montanha e sai do outro lado do Vale.
Bulha d'Agua by iscoti 12
Bulha d'Agua by iscoti 14
Bulha d'Agua by iscoti 13
Bulha d'Agua by iscoti 15Menin equipando a fenda para descida no Abismo encontrado, rumando ao desconhecido.
Bulha d'Agua by iscoti 17Descendo rumo ao desconhecido, onde nenhum homem jamais pisou.
Bulha d'Agua by iscoti 18No fundo do buraco tinha um rio.
Bulha d'Agua by iscoti 19O rio seguia por uma galeria.
Bulha d'Agua by iscoti 20
Bulha d'Agua by iscoti 22A galeria virava um teto baixo.
Bulha d'Agua by iscoti 21E infelizmente no final do teto baixo foram achadas pegadas…não era tão desconhecido assim.
Não sabemos ainda muito bem onde chegamos, provavelmente estávamos em uma das galerias da Buenos I.
Vamos precisar jogar as linhas de trena no mapa junto com a plotagem da boca do Abismo para ter certeza.
Vai ficar para um próximo post.

Saída sofrida do Abismo, muita lama e nem sempre voltar é como ir.
Sem falar dos escorregões.


Paradinha pro lanche no rio, lugar bem bacana.
Bulha d'Agua by iscoti 26
Bulha d'Agua by iscoti 27Pegada de anta. A região apresenta bastante vestígios da passagem deste animal por lá.
É sinal de que a onça mudou de região de caça.
Bulha d'Agua by iscoti 10Coisas que só acontecem em Bulha, noite de Lua cheia e tempestade se aproximando ao fundo. Dava pra andar no mato sem lanterna, o único problema eram as hordas de pernilongos chupadores de sangue. Repelente era vitamina pra eles, mordiam por cima da blusa e se você deixasse uma frestinha entravam de bando por baixo da camisa.
O jantar foi macarrão Barilla a la Von Tein, regado com vinho Argentino e tudo aos som do bom blues do único Bulha Brother presente (nem só de sofrimento vive o homem).
Bulha d'Agua by iscoti 28Domingão, dia de sol e mais dois objetivos, desvendar os mistérios da Gruta do Paredão e fazer a topo da Gruta Casinha da Carol.
Bulha d'Agua by iscoti 34
Conquista da Gruta do Paredão, mais de dois anos tentando subir e imaginando o que tinha lá em cima.
Bulha d'Agua by iscoti 31

Bulha d'Agua by iscoti 32A Gruta do Paredão virou Abrigo do Paredão, somente 4 metros de desenvolvimento.
No alto, a esquerda da foto, a luz do capacete do Menin dentro do Abrigo do Paredão e abaixo o Rio Pilões.
Bulha d'Agua by iscoti 33Trabalhos de topografia na Gruta Casinha da Carol.
A toponímia se dá em homenagem a colega espeleóloga de mesmo nome e devido também as dimensões modestas da cavidade.


Pegada de Anta Curupira
Não se sabe se está indo ou voltando
Bulha d'Agua by iscoti 30Andorinha tentando se secar em um galho
Bulha d'Agua by iscoti 16Segue a fotos dos Bravos:
Zé Guapiara, Fabio Von Tein, Daniel Menin e Iscoti.Bulha d'Agua by iscoti 08

Mês que vem tem outra saída e esta vai ser pesada: João Dias.
Vamos andar muito e provavelmente vamos ter que dormir no mato pois não dá pra voltar no mesmo dia.
A estrada de acesso não existe mais e temos que usar as trilhas que estão uns bons anos sem serem abertas.
Enfim nenhuma novidade, Bulha é para os Bravos.

Anúncios

Um pensamento sobre “Bulha d’Água – março 2014 parte 2

  1. Parabens !!! Pelo trabalho de voces na regiao de bulhas, fantastico!!!!! show as fotos tambem. Tenho vontade de conhecer a regiao. Abraço!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s